Já passamos do meio de maio e só agora parei para fazer meu balanço mensal.

Abril passou rápido.

Minha agenda diz que o mês foi tranquilo.

E foi mesmo, se eu pensar apenas em compromissos marcados e tarefas
listadas, mas a sensação predominante é outra: a leve fadiga típica daqueles que estão correndo
atrás de seus sonhos, ainda que na surdina e com cautela, mas que se agarram ao objetivo, a despeito de quaisquer dificuldades, porque sabem que tudo valerá a pena.

Os dias escorrem silenciosos enquanto eu me divido entre planos, pesquisas, estudos e preparativos.
Momentos de euforia, momentos de ansiedade, exercícios de paciência e as tarefas
de um cotidiano que ainda não pode ser deixado para trás.

As mudanças previstas para este ano – e também aquelas para as quais foram lançadas as sementes, mas que só devem dar frutos a longo prazo – já estão afetando o meu dia dia.
Aquele momento em que percebo que estou com os pés no ponto “x”, mais um passo e estarei dentro de um redemoinho de onde só poderei sair, para encontrar tudo mudado.

De uma maneira ou de outra.

É bom ter planos novamente. É bom sentir que estou caminhando.

Para frente.

“Então, decidi que poderia acontecer o que fosse, que minha direção teria de ser sempre à frente, não  iria retroceder, e se chegasse a um ponto, onde não conseguisse avançar, eu ficaria parada, mas não voltaria atrás em nada do que decidisse. ”                                   (Lu Fernandes – Vida de Borboleta)

6 COMENTÁRIOS

  1. Oi Lu! Que saudade!!!
    Te achei tão diferente… você está mais introspectiva ou é impressão minha?
    Sei lá te achei menos acelerada, mais centrada, menos "falante", mais observadora…
    Faz parte né? rs
    Pelo que disse, você está passando por grandes mudanças, e é normal esse recolhimento. Tudo o que é novo assusta, mesmo que seja bom.
    Some não tá?
    Te admiro como sempre!
    Grande abraço!

  2. Legal ter sua visita em meu blog, ainda mais sabendo da correria que você anda.

    As vezes me sinto parada no tempo, com a sensação mesmo de que não dou um passo sequer a frente, nem atrás…

    Tenho muitas dificuldades com mudanças… não gosto de mudanças…
    A única que tive coragem recentemente foi a mudança de estilo de vida, alimentação, corpo e de certa forma mente… acho que está bom né?

  3. Oii Lu. Tenho lido coisas muito motivadoras nesse mundo da blogosfera e esse post está entre eles. Tenho deixado meus planos e sonhos de lado; e ver você assim, correndo atrás do que lhe fará feliz, me fez refletir um pouquinho. Acho que está na hora de eu mudar.

    Beijos

  4. Meu nome é Cristiane e a minha gastroplastia acontecerá mês que vem, com o Dr. Luíz Alfredo Vieira D`Almeida. Bom, na verdade seria este mês, mas foi adiada. Imagina como me senti, tendo a cirurgia adiada, faltando 2 dias.
    Fiquei muito feliz em conhecer seu blog e ver o sucesso que foi a sua cirurgia.
    Resolvi criar um blog, para passar o tempo, e segurar a ansiedade, mas depois vi que esse caminho era excelente, pois me daria a oportunidade de compartilhar informações e receber depoimentos. Espero que vc me ajude nesta construção, queria te pedir pra me fazer uma visitinha,e se possível, me seguir e me colocar entre seus favoritos, só pra me dar uma forcinha e ajudar a divulgar o meu que ainda esta engatinhando.

    gastroplastiaonline.blogspot.com

    Vou vir te visitar sempre, pra acompanhar o seu sucesso, e saber das novidades tá?

    Beijos

DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui