Os dias escorrem silenciosos enquanto eu me divido entre planos, pesquisas, estudos e preparativos, momentos de euforia, momentos de ansiedade, exercícios de paciência e as tarefas de um cotidiano que ainda não pode ser deixado para trás. As mudanças previstas para este ano e também aquelas para as quais foram lançadas as sementes, mas que só devem dar frutos a longo prazo, já estão afetando o meu dia a dia. Aquele momento em que percebo que estou com os pés no ponto exato. Mais um passo e estarei dentro de um redemoinho de onde só poderei sair para encontrar tudo mudado. De uma maneira ou de outra. É bom ter planos novamente. É bom sentir que estou caminhando. Que estou seguindo em frente.


DEIXE UMA RESPOSTA

Por favor digite seu comentário!
Por favor, digite seu nome aqui